“Brincos de Princesa: nem princípio nem fim” no Museu Carlos Machado

Um projecto de SOFIA DE MEDEIROS em co-curadoria com Lúcia Marques no Museu Carlos Machado

Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel * AÇORES

Inauguração: 10 de Dezembro de 2010, às 18h30, no Núcleo de Arte Sacra – Igreja do colégio

Exposição patente até 20 de Março de 2011

É já no próximo dia 10 de Dezembro, às 18h30, que inaugura o mais recente projecto de Sofia de Medeiros no Museu Carlos Machado, no “coração” dos Açores. A artista propõe uma visão contemporânea das tradições culturais açorianas apresentando mais de uma dezena de trabalhos inéditos. Esta é a primeira exposição de uma trilogia dedicada ao feminino numa abordagem transinsular.

“Sempre ambicionei correlacionar aspectos das minhas raízes culturais açorianas com os meus projectos artísticos. O meu regresso à ilha veio proporcionar isso. É como se estivesse em residência artística prolongada, absorvendo o máximo do que o sitio me pode revelar. Neste sentido, o meu trabalho foca-se neste processo cultural de contacto e troca de diferentes experiências e reflexões artísticas pessoais.

No caso particular de nem princípio nem fim é um olhar feminino sobre o feminino, levantando questões sobre o papel tradicionalmente atribuído às mulheres portuguesas no espaço doméstico. Este projecto também é resultado de uma constante investigação de técnicas tradicionais ligadas aos lavores femininos antigos e aos tecidos de padrões tradicionais portugueses. É um constante diálogo e reflexão entre a tradição e a contemporaneidade, no sentido de uma interacção construtiva entre o que se define como valor local e universal.

Recorrendo a elementos de carácter simbólico que representam o universo imagético da cultura popular açoriana existentes nas mais diversas manifestações como os romeiros, as festas do Divino Espírito Santo, o Santo Cristo dos Milagres, o folclore, etc, são criadas obras, em tecido e em ferro, com técnicas tradicionais que pressupõem o “saber fazer”. O uso do ferro surge como contraste à moleza dos tecidos e sobretudo à sua masculinidade, tão característica deste material, em contraposição à feminilidade dos têxteis. Por vezes recorro à apropriação de formas já existentes, de modo a criar um discurso artístico contemporâneo pertinente no que diz respeito à busca de identidade cultural, provocando no espectador uma reflexão e conhecimento da influência que a tradição pode exercer na arte contemporânea.”

Sofia de Medeiros

.Museu Carlos Machado – Núcleo de Arte Sacra – Igreja do Colégio,

Largo do Colégio, Ponta Delgada.

Horário: de Terça a Sexta das 10h às 12:30h e das 14h às 17:30h, Sábados e Domingos das 14h às 17:30h. Encerra às segundas e aos feriados.

Telefone: 296 202930/31 – fax:296 629504

http://museucarlosmachado.azores.gov.pt/

museu.cmachado.info@azores.gov.pt

Serviço Educativo

Visitas orientadas e ateliers educativos – com marcação prévia e lotação limitada

Tel.296 202930/31

museu.cmachado.edu@azores.gov.pt

Teaser- brincos de princesa:

Nem principio nem fim- Brincos de Princesa, inauguração:

Nem principio nem fim-Brincos de Princesa, vista de estudo e atelier costurar e memórias:

Nem principio nem fim- Brincos de Princesa, com a artista: